O que você procura?

Novo conjunto habitacional em área do Promaben vai beneficiar mais 128 famílias

“Hoje, eu fico feliz porque são 13 anos de tanta luta que a gente já tinha perdido a esperança de voltar a morar no nosso teto, e hoje graças a Deus, a gente vendo que acontecendo. A obra está avançando e é uma grande satisfação ver que é realidade. A esperança reacendeu”, relata a moradora do bairro da Condor, Maria Oneide, 44, sobre a assinatura da Ordem de Serviço (OS) para a construção do Conjunto Habitacional II, obra que será executada pela Prefeitura de Belém por meio do Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben).

A OS foi assinada pelo prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, na manhã desta quarta-feira, 19. “É mais uma vitória da população do bairro da Condor. O Promaben dá início a mais uma obra para a construção de 128 unidades habitacionais que vão se somar às 224 do Conjunto Habitacional e Comercial, que estão próximas de serem entregues. É uma conquista da população”, destacou o prefeito.

Os moradores do residencial vão contar com infraestrutura completa de saneamento, tratamento de esgoto, iluminação pública e água potável. “Tudo isso é complemento para garantir qualidade de vida aos futuros moradores desse conjunto habitacional adicional, construído com recursos da Prefeitura de Belém”, pontuou Edmilson Rodrigues.

Orçada em mais de R$ 28 milhões, com prazo de conclusão de 16 meses, a obra será financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com a finalidade de reassentar moradores que já foram ou ainda serão remanejados de locais de obras executadas pela Unidade Coordenadora do Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (UCP/Promaben). 

O novo conjunto habitacional terá oito blocos de quatro andares, sendo quatro apartamentos por andar, o que corresponde a mais 128 unidades construídas no bairro.

Beneficiados 

Com a construção do segundo conjunto habitacional na travessa Quintino Bocaiúva, entre a avenida Bernardo Sayão e travessa Honório José dos Santos, confluência dos bairros da Condor e Jurunas; e mais as 224 unidades do Conjunto Habitacional e Comercial, que já está em estágio avançado de construção, no mesmo local, a Prefeitura de Belém garantirá 352 unidades habitacionais destinadas a moradores e comerciantes remanejados de locais de obras, beneficiando 984 pessoas. “Hoje demos a Ordem de Serviço para construção de mais 128 apartamentos, mais oito blocos de apartamentos urbanizados e integrados completamente com área da Condor, fronteira com o Jurunas”, disse o coordenador-geral do Promaben, Rodrigo Rodrigues.

Além das unidades habitacionais será integrada à construção uma creche da Secretaria Municipal de Educação (Semec) e uma área específica para serviços da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), de acordo com a demanda da comunidade.

Dignidade de moradia

Para a moradora do bairro do Jurunas e membro da Cofis, Maria Francinete Lopes, 46, saber que as unidades habitacionais estão em construção significa a esperança de melhorias para as pessoas que vivem de aluguel há mais de uma década. “Eu tô feliz porque a obra está avançando. A gente acompanha de perto e está melhor do que a gente esperava. A gente tá muito na expectativa da entrega dessas unidades”.

Para o membro da Cofis e morador da área, Júlio Chaves, muito importante acompanhar as obras. “Passamos 16 anos sem obras. E agora ver o andamento das coisas e participar tá sendo importante porque a gente vê que está acontecendo”, conclui.

Texto:

Joyce Assunção

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Notícias relacionadas: