O que você procura?

Novo trecho da Avenida Bernardo Sayão será interditado

[vc_row][vc_column][vc_column_text]

Para dar continuidade às obras de macrodrenagem na Bacia da Estrada Nova, a partir da próxima segunda-feira, 22, a Prefeitura de Belém fará a interdição da Av. Bernardo Sayão, no trecho da Alameda Belém a Passagem João de Deus.

O bloqueio se faz necessário para garantir a segurança da população, em virtude da execução de serviços de escavações que serão realizados no local.

O tráfego de veículos será desviado. Haverá também mudança no itinerário dos ônibus que transitam na avenida. O prazo para execução desta etapa da macrodrenagem, que vai da Avenida José Bonifácio até a Rua Augusto Correa é de 12 meses.

O coordenador geral do Programa de Macrodrenagem da Bacia da Estrada Nova (PROMABEN), Canuto Brandão, informa que a interdição não é definitiva. “Nós sabemos que uma obra desse porte traz transtorno, em determinado momento, para quem mora no entorno, mas o importante é que o transtorno não é definitivo e após o avanço da obra os trechos são liberados. Novos trechos são interditados para que assim a gente consiga executar os serviços e garantir as melhorias no local”.

A obra consiste na macrodrenagem do canal da Av. Bernardo Sayão, através da construção de um sistema de galerias de concreto armado que abrangem a canalização da água da chuva com direcionamento para um único canal de descarga até o rio Guamá. O projeto inclui ainda a implantação de melhorias no sistema viário por meio da urbanização e duplicação da Av. Bernardo Sayão, que passará a ter quatro pistas (duas de cada lado) e um canteiro central arborizado com ciclovia e calçadas.

Na segunda-feira os agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) e a equipe social do PROMABEN atuarão nos locais de desvio com objetivo de orientar os condutores de veículos e a população.

No caso das linhas de ônibus que atendem o bairro, serão mantidos os mesmos itinerários em vigor desde o início das obras, mas, para atender a necessidade dos moradores, a Semob determinou que a empresa Viação Guajará destacasse um veículo de sua frota reserva para operar, em caráter emergencial, a linha UFPA – Bernardo Sayão, que irá trafegar da seguinte forma:

Sentido UFPA – Bernardo Sayão: rua Augusto Corrêa, avenida Bernardo Sayão, passagem João de Deus, passagem Popular, passagem São Lázaro, avenida Bernardo Sayão, retorno na alameda Vitória.

Sentido Bernardo Sayão – UFPA: avenida Bernardo Sayão, passagem Rui Barbosa, passagem Joana D’Arc, passagem João de Deus, avenida Bernardo Sayão, avenida Augusto Corrêa.

De acordo com a diretora de transportes da Semob, Evany Alves, a operação da linha circular, conhecida popularmente como ‘bagé’, será realizada sem o pagamento de tarifa, de forma integrada nas linhas Viação Guajará. “Os usuários que utilizarem este serviço estarão isentos do pagamento da tarifa até chegarem ao terminal de ônibus, onde de lá poderão pegar outro ônibus para seguir suas rotinas normais”, esclarece.

Texto: Melissa Noguchi
Foto: Adriano Magalhães-Comus
Macrodrenagem da Bacia da Estrada Nova (PROMABEM)

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Notícias relacionadas: