O que você procura?

Nova Unidade de Referência de Doenças Tropicais de Belém será implantada em cinco meses

O prédio da antiga Unidade Básica de Saúde do bairro da Cremação vai abrigar agora a Unidade de Referência de Vigilância das Doenças Tropicais Negligenciadas (Urvet). A decisão foi oficializada na tarde desta terça-feira, 6, com a assinatura da Ordem de Serviço pelo prefeito Edmilson Rodrigues.

O prédio, na avenida Alcindo Cacela, esquina com a rua São Miguel, estava abandonado há muitos anos. A assinatura da OS foi realizada na Escola Municipal de Educação Infantil Venuzina Marinho do Souza, que fica ao lado da Unidade de Saúde a ser revitalizada. 

Controle de doenças tropicais endêmicas

O prefeito explica que a unidade será referência para doenças tropicais, que tem como vetor o saneamento e o fator hídrico. 

“Teremos aqui uma estrutura arquitetônica planejada para funcionar como laboratório para essas doenças, além de realizar consultas médicas. A Cremação merece esse equipamento”, destacou Edmilson Rodrigues. 

O Urvet vai garantir maior controle sobre as doenças tropicais endêmicas, como a dengue e esquistossomose, bem como outras doenças de veiculação hídrica, aquelas cujos vetores vêm pela água não tratada, como diárreias, leptospirose, entre outras. 

Fiscalização 

“É muito bom ver um prédio que ficou tanto tempo abandonado voltando a servir à população. Cabe a nós agora fiscalizar o andamento da obra e preservá-lo”, afirma o feirante Júlio Chaves, membro da Comissão de Fiscalização de Obras e Serviços (Cofis) e morador do bairro da Cremação. 

A obra será executada pelo Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben), que vai aplicar no empreendimento R$ 2.873.462,41, oriundos de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O prédio será ampliado e terá 486 m² de área construída com dois pavimentos e deverá contar com laboratório, consultórios, área administrativa e outros espaços

A previsão é concluir a obra em cinco meses e, logo após a reforma, repassar o prédio para a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), que fará a administração do espaço.  

“A gente entende que investir em saneamento é reduzir problemas de saúde. Isso vai refletir no futuro da cidade, mostrando que investir no saneamento reduz os casos de doenças de veiculação hídricas”, explica o coordenador do Promaben, Rodrigo Rodrigues.  A Urvet se localiza na área de atuação do Promaben com planejamento para atender a toda a população da bacia hidrográfica da Estrada Nova e de toda a Belém. 

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Notícias relacionadas: