Moradores beneficiados pelo Promaben tiram dúvidas sobre o sistema de esgotamento sanitário

Previous
Next

Os moradores das áreas beneficiadas pelo Programa da Bacia da Estrada Nova (Promaben) tiveram a oportunidade de participar de uma consulta pública presencial na noite desta sexta-feira, 15, para tirar dúvidas sobre os Estudos Ambientais do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES). A reunião foi realizada na sede do Promaben, localizada na avenida Bernardo Sayão, e também foi transmitida via aplicativo Zoom.

O coordenador do Promaben, Rodrigo Rodrigues, inicou a consulta pública explicando como será feito o SES, que terá uma vazão média de 143,26 litros por segundo (500 mil litros por hora); uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE); estações elevatórias de esgoto e redes de esgoto. Todo o esgoto dessa área será tratado antes de ser lançado no rio Guamá por meio de um emissário (tubulação) subaquático, com um quilômetro de extensão.

O coordenador destacou que é uma oportunidade de melhorar a qualidade de vida dos moradores da área. “A prefeitura tem a possibilidade de trazer qualidade de vida para população, por meio desde tratamento de esgoto. Tem a possibilidade também de tirar Belém do ranking das cidades que não possuem sistema de esgoto sanitário eficiente”.

O sistema vai atender 84 mil moradores do bairro do Jurunas e parte dos bairros de Batista Campos, Cidade Velha e Condor, na Sub-bacia 1, incluindo a orla de Belém; e parte da Sub-bacia 2, na área do Miolo do Jurunas; além da contribuição pontual do Conjunto Habitacional e Centro Comercial, que serão construídos na travessa Quintino Bocaiúva, para realocação de moradores que serão remanejados pelas obras do Promaben II.

O servidor público José Carlos Nascimento, de 59 anos, que reside no bairro da Condor, será um dos beneficiados com o sistema de esgotamento sanitário. O morador aproveitou para tirar as dúvidas sobre o projeto e saiu esperançoso. “Primeira vez que estamos tendo essa consulta pública que vai resolver a vida de muita gente. Eu quis saber sobre o período que a obra será feita e fui respondido”, comentou.

A consulta pública on-line, por meio do site do SES Bacia da Estrada Nova, foi aberta no último dia 04 e vai até o dia 22 de outubro. Os moradores podem acessar e contribuir com informações e sugestões.

De acordo com o vice-prefeito de Belém, Edilson Moura, que também compareceu à reunião presencial, a prefeitura tem o dever de consultar a população sobre essas ações que podem impactar a vida de grande parte da população.

“Esse sistema vai beneficiar diversos bairros, como Guamá, Jururnas, Condor, Cremação e outros, impactando a vida de muita gente. É claro que um governo popular não pode deixar de ouvir a comunidade, seja presencialmente ou on-line, pois ouvi -los é fundamental”, concluiu.

Texto:

Victor Miranda