O que você procura?

Famílias reassentadas no Conjunto Habitacional Tenoné II recebem acompanhamento de Assistentes Sociais do Promaben 

Famílias dos bairros afetados pelas obras do Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben) reassentadas no Conjunto Habitacional Tenoné II, em negociações com a Secretaria Municipal de Habitação – SEHAB pelo Programa Minha Casa Minha Vida, recebem regularmente visitas sociais do Promaben. A cada dois meses, as 14 famílias que tiveram que sair de suas casas desde o início do programa, abrem suas portas para dividir com os profissionais suas vivências na nova moradia. No reassentamento, direitos como vagas em escolas próximas e acesso aos serviços de saúde no novo bairro são assegurados. 

A Subcoordenadora Social do Promaben, Regina Penna, explica que o processo de acompanhamento começou no início da nova gestão de governo. “Em fevereiro do ano passado, a Subcoordenação Social iniciou o processo de planejamento para retomar o acompanhamento das 14 famílias que já estavam reassentadas no Residencial Tenoné II com objetivo de acompanhar e monitorar as garantias propostas no processo de pós-reassentamento”, conta a subcoordenadora. 

Desde então a cada dois meses, os assistentes sociais visitam as familias dentro de um cronograma de visitas domiciliares. A última visita que Ana Carolina Rodrigues recebeu teve uma repercussão bem positiva. “Receber os assistentes sociais em casa mostra que a Prefeitura está interessada em saber se estamos bem, se a mudança também foi satisfatória para nós”, explica. Ana Carolina é filha de uma das 14 mulheres reassentadas nessa última tentativa da prefeitura em ajudar as famílias, que estavam há muito tempo vivendo em auxílio-moradia, a definitivamente encontrarem um lar.

O cronograma de visitas deve continuar até que as pendências relacionadas às moradias estejam solucionadas.

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Notícias relacionadas: