O que você procura?

Estudantes da Condor aprendem a cultivar jardins e hortas verticais

Estudantes do ensino fundamental da Escola Municipal Nestor Nonato, no bairro da Condor, vão aprender a aproveitar pequenos espaços para o cultivo de jardins e hortas verticais. A iniciativa é da Prefeitura de Belém, por meio do Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben), que promoverá a Oficina de Jardinagem e Horta Vertical na escola, nesta quarta-feira, dia 5 de outubro, das 7h30 às 11h30. O objetivo é disseminar a cultura da alimentação saudável e promover o contato com a natureza e a cultura ecológica entre os estudantes.

A oficina vai incentivar o cultivo de hortaliças como cheiro verde, couve, jambu, caruru, chicória e alfavaca que são de ciclo curto e de fácil cultivo e cuidado. “São hortaliças que em 20, em 45 dias no máximo já poderão ser colhidas. Essa rapidez faz com que sejam mais atraentes para o cultivo e de grande utilização na cultura gastronômica local”, explica a engenheira agrônoma Tahnity Haarad, que tem experiência em promover oficinas de reaproveitamento de óleo de cozinha, jardinagem e hortas em comunidades ribeirinhas e será a ministrante da oficina.

Este será o evento de encerramento de uma programação que vem sendo realizada na escola desde a semana passada. Foram 60 horas de programação em que foram realizadas mobilizações, palestras e rodas de conversa sobre educação ambiental e reutilização de material reciclável e oficinas de reutilização de resíduos domésticos.

“Noventa por cento do lixo produzido nas residências pode ser reutilizado, sejam os resíduos plásticos, sejam os restos de comida, tudo pode ser transformado e diminuir a quantidade de material descartado tanto para os aterros quanto de forma inadequada nos rios e canais”, esclarece Tahnity.

A iniciativa também tem o objetivo de incentivar as famílias a melhorar a qualidade da alimentação diária e promover um aumento dos nutrientes disponíveis. “Incrementar a alimentação das famílias com produtos cultivados e colhidos pelas próprias famílias muda as perspectivas de alimentação, incrementa os nutrientes consumidos e promove maior bem-estar de todos, uma vez que o contato com a terra também é capaz de potencializar a qualidade de vida”, afirma a ministrante.

A Oficina de Jardinagem e de Hortas Tropicais integra as ações do Programa de Educação Ambiental e Sanitária (PEAS) do Promaben que, além das obras de saneamento que realiza nos bairros da Condor, Jurunas e Cremação, realiza ações educativas e sociais junto à população.

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Notícias relacionadas: