Prefeito Edmilson Rodrigues abre as plenárias do Tá Selado no Distrito do Guamá

Os moradores do Distrito Administrativo do Guamá (Dagua) se reuniram na noite desta terça-feira, 21, para debater propostas, que serão inseridas na Lei Orçamentária Anual de 2023 (LOA 2023) e no Plano 2035-200 anos da Revolução Cabana. O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, por meio de uma transmissão on-line, abriu as plenárias.

Três pontos presenciais para a reunião dos moradores foram montados: um no bairro do Jurunas, na sede do Rancho Não Posso Me Amofinar; outro no Guamá, na Escola Barão de Igarapé Miri; e em Canudos, na Quadra Esportiva da Jabatiteua. Também foi disponibilizado um link para quem preferiu participar de forma remota da reunião.

Participação cidadã – As plenárias nos bairros do distrito Dagua são uma oportunidade dos moradores debaterem as necessidades de cada local e discutirem as obras que estão sendo realizadas. É o caso dos serviços da Bacia da Estrada Nova, no Jurunas. As novas propostas, feitas este ano, poderão ser inseridas pela Prefeitura de Belém na LOA 2023 e no Plano 2035- 200 anos da Revolução Cabana.

Segundo o prefeito Edmilson Rodrigues, o Tá Selado possibilita que o povo tenha o poder de decisão. “O Tá Selado é um fórum permanente de participação. Os conselheiros têm papel fundamental, é uma experiência que dá o poder ao povo”.

Premiação internacional – O prefeito aproveitou para destacar que o Tá Selado está participando da Premiação Internacional de Melhores Práticas em Democracia Participativa, confirmando o sucesso da plataforma que possibilita uma decisão democrática. Para saber mais sobre o processo de votação, basta acessar aqui.

Tá Selado – A Prefeitura de Belém iniciou o projeto ainda no período da pandemia da covid-19. Em maio de 2021, a plataforma Tá Selado foi lançada, para garantir que os moradores dos 73 bairros, territórios e ilhas da capital paraense pudessem apresentar propostas de melhorias para a cidade, para serem agregadas no Plano Plurianual (PPA 2022-2025), Lei Orçamentária Anual (2021) e Plano Belém 2035, 200 anos da Revolução Cabana. A iniciativa é um marco na gestão municipal de todos e dos munícipes, após 16 anos sem poder apresentar a proposta de melhoria para o seu bairro.

Serviço – Nesta quarta-feira, 22, a partir das 19h, às plenárias presenciais seguem para os bairro Cabanagem, no Centro Social da Comunidade Santa Maria, rua Santa Maria; Condor, na Escola Rotary, localizada na rua Lauro Malcher, 279; e Coqueiro, no Centro Comunitário do Xingu I, quadra 17, n° 79, viela 14, próximo à Capela Auxiliadora.

Texto:
Victor Miranda – Agência Belém