O que você procura?

Mutirão faz conscientização sobre lixo em vila tipicamente ribeirinha dentro de Belém

As 300 famílias que moram na Vila Caripunas Beira-Mar, no bairro do Jurunas, receberão uma ação de limpeza e conscientização sobre a destinação do lixo, a manhã deste sábado, dia 28.A ação é da Prefeitura de Belém, realizada por meio das Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) e do Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben), com apoio da Comissão de Fiscalização de Obras e Serviços (Cofis) do Jurunas, e da Cooperativa de Reciclagem Concaves.

O Mutirão da Juventude vai percorrer a vila Caripunas Beira-Mar explicando sobre reciclagem, separação e reutilização dos resíduos, assim como a destinação correta de material com potencial econômico. Trinta pessoas entre educadores ambientais da Sesan, catadores de material reciclável da Concaves, Assistentes Sociais do Promaben e moradores da vila deverão bater de porta em porta e conversar com os moradores.

“A ideia é apresentar aos moradores o que eles podem ganhar ao reconhecer no material descartado produtos com potencial de venda e de reutilização e dessa forma diminuir a quantidade de descarte irregular, além de orientar sobre os melhores horários e locais para o descarte de material”, explica o coordenador geral do Promaben, Rodrigo Rodrigues.

Cada família de cinco pessoas produz cerca de vinte quilos de lixo por semana. Todo esse material, sem a destinação correta, contribui para o entupimento dos canais e redes de drenagem, o que pode provocar entupimentos e alagamento que espalham nas ruas água suja e contaminada que transmite doenças e prejudica a saúde dos moradores.

Recentemente a Vila Caripunas Beira-Mar se tornou vizinha do Canal de Descarga da Caripunas Beira=Mar, o maior dos canais da área da Bacia da Estrada Nova.  O lixo descartado de forma irregular acaba chegando até o Canal, o que pode atrapalhar o funcionamento do equipamento de drenagem, além de prejudicar a qualidade de vida dos próprios moradores.

O coordenador de Educação  Ambiental da Sesan, Mauro Ribeiro, aponta que estar junto à população melhora a os serviços de coleta de lixo e entulho prestados pela prefeitura. “Manter a população consciente do papel da prefeitura na limpeza da cidade e do cidadão como agente transformador e atuante nessa limpeza faz com que menos resíduos cheguem aos canais, assim as obras do Promaben podem funcionar por mais tempo”, relata o educador.

Para a presidente da Cooperativa de Reciclagem Concaves, tecnóloga em Gestão Ambiental e catadora, Débora Baia,  estamos vivendo um momento de mudanças de paradigmas em relação ao resíduos descartados diariamente pela população. “O processo de educação ambiental tem que ser constante para que a sociedade se sensibilize da importância de separar e destinar corretamente o seu lixo e a presença da Cooperativa de Catadores reforça que os resíduos recicláveis serão fonte de renda, inclusão social e principalmente a preservação ambiental, através da destinação ambientalmente adequada dos resíduos recicláveis”, ressalta.

O Mutirão da Juventude é uma das ações de educação ambiental realizada pelo Promaben, as outras são oficinas de reutilização de garrafas pet, reutilização de óleo usado, reutilização de pneus, oficinas de Horta e Jardinagem entre outras.

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Notícias relacionadas: