O que você procura?

Membros das Cofis do Jurunas e Cremação visitam obras do Conjunto Habitacional e Comercial

Integrantes das Comissões de Fiscalização de Obras e Serviços (Cofis) dos bairros do Jurunas e da Condor visitaram, na manhã desta quinta-feira, dia 24 de novembro, as obras do Conjunto Habitacional e Comercial que a Prefeitura de Belém está construindo na Travessa Quintino Bocaiúva, no bairro da Condor, para abrigar moradores que serão remanejados das áreas de obras do Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben).
Muitos dos integrantes das comissões são moradores que foram remanejados para a realização de obras e continuam recebendo auxílio aluguel da Prefeitura há mais de 10 anos. É o caso de Blandina Alencar Prestes, integrante da Cofis da Condor. “Estou esperando que apronte o mais rápido possível pra mim (Sic) me mudar. Já faz 14 anos recebendo auxílio de 400,00. Em nome de jesus acho vai sair agora pra gente realizar o nosso sonho”, afirmou.
Amandio Pimenta Ferreira Filho, da Cofis do Jurunas, que recebe auxílio aluguel há 11 anos, também estava animado. “É a segunda visita e estou vendo que está bem adiantado. Eu também trabalho nessa área, sou pedreiro, o que estou vendo estou achando bom”.
Integrante da Cofis da Condor, Mário Vinicius, o Branco da Condor, também destacou que “houve um avanço muito grande. Na primeira visita tivemos só as sapatas prontas, agora já está no terceiro pavimento, pronto para iniciar o quarto pra já dar o acabamento geral desses dois primeiros blocos. Vai ter um ponto comercial também e vai ser uma obra muito importante para as pessoas aqui do bairro”, declarou.
“Chegar e já ver algumas torres praticamente levantadas, montadas, alvenaria montada, poder entrar no apartamento e ter uma dimensão dele. É esse impacto que a gente quer, que a Cofis possa vir tirar suas dúvidas e possa levar pra comunidade as informações que obtiveram aqui”, avaliou o coordenador Geral do Promaben, Rodrigo Rodrigues.
O Conjunto Habitacional e Comercial, localizado na Travessa Quintino Bocaiúva, entre Travessa Honório José dos Santos e Avenida Bernardo Sayão e Passagem Santa Terezinha, no bairro da Condor terá 14 blocos de quatro andares, com quatro apartamentos por andar, com 224 apartamentos e 44 boxes comerciais. Posteriormente serão acrescentados mais 8 blocos do Conjunto Habitacional Adicional que terá 128 apartamentos. No total, serão 22 blocos de quatro andares, com quatro apartamentos por andar, perfazendo 352 unidades habitacionais que serão ofertadas às famílias que serão remanejadas por causa das obras do Promaben.
O prazo inicial era de 12 meses para as unidades habitacionais e seis meses para o centro comercial. Após ajustes, o prazo da obra completa foi consolidado em 24 meses. Mas já a partir do primeiro semestre do ano que vem deverão começar a ser entregues os primeiros dois blocos com 32 unidades habitacionais.
As obras estão orçadas em R$ 37 milhões, com recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
Entre outras comodidades, os moradores contarão com área de lazer, playgrounds, academia ao ar livre, central de resíduos, reservatório de água elevado e cisterna e 91 vagas de estacionamento com acessibilidade PCD. Também terão tratamento de esgoto pela Estação de Tratamento de Esgoto que será construída na Bernardo Sayão com Quintino.

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Notícias relacionadas: